quarta-feira, 7 de maio de 2014

Artigo de Ricardo J. Botelho no ADForum

Aqui estão os passos que  qualquer profissional de Arquitetura ou Design de Interiores precisa dar para chegar ao ápice desde a criação ate o projeto executivo finalizado.

Passo 1: Inspiração
Começa com o breifing recebido do cliente e passa pela pesquisa, pensar e divagar na busca de alternativas criativas. Bem diferente da visão que o cliente em geral tem. Para ele o ato criativo e tão simples quanto escovar os dentes.

Passo 2: Conceito
O mote criativo. Uma espécie de fio condutor que determina a "pegada" do projeto. Tem a ver com a identidade do usuário e a capacidade do profissional de sentir e externar em traços e ancorar em pilares técnicos o projeto.

Passo 3: Aplauso
Depois de varias tentativas, processo que consome muito tempo do profissional, surge afinal uma ideia que parece atender o conceito e satisfaz o seu criador. Ate chegar nesse momento um tempo enorme foi investido e muita energia desprendida e perdida, nem sempre remunerada de acordo .

Passo 4: Refinamento
A ideia já esta ali, mas ainda precisa ser trabalhada, refinada em diferentes aspectos.

Passo 5: Evolução
Alinhar a concepção inicial do profissional com a percepção do cliente vai exigir uma grande dose de paciência e um árduo trabalho. Nesta etapa haverá um esforço para deixar a ideia totalmente em conformidade com os interesses e necessidades do cliente, sem perder os valores criativo e técnico do estudo ou do ante-projeto apresentado.

Passo 6: Detalhes
Uma vez aprovado pelo cliente, agora e hora de detalhar o projeto na etapa do executivo. Serão necessários desenhos e mais desenhos que permitirão a execução do projeto de maneira racional, funcional e ecnomicamente organizadas.

Passo 7: Sincronia
O projeto arquitetônico ou de interiores contara com elementos importantes tais como: projeto luminotecnico, paisagismo, segurança etc que precisam estar em sincronia com o projeto em si.
 

domingo, 27 de abril de 2014

Conceito Diferente sobre Decoração de Quarto Infantil

Estava lendo reportagem sobre "Quarto Montessoriano" e vi que o conceito do quarto decorado para a criança - com móveis, apetrechos  e  adornos pensados principalmente no conforto, praticidade e segurança dos pequenos e não apenas na estética dos pais sempre foi uma grande preocupação para mim como profissional.
 A reportagem falava
sobre a eliminação do berço no quarto optando-se por colchões ou futons colocados no chão, com todo o cuidado relativo a proteção, para que as crianças tenham mais autonomia de entrar e sair de seu cantinho sem precisar do suporte constante dos pais, apesar da supervisão e presença destes. Um cantinho minimalista, dando aos pais e/ou adultos  a sensação de sentirem como a criança visualiza seu espaço.Sei que pode parecer estranho e, sinceramente em nossa cultura não acredito que o conceito seja facilmente absorvido, mas há outras propostas que podem ser empregadas: uma mesa na altura da criança para fazer as refeições ou estudar quando já estiver em idade escolar, armários com objetos e  pertences alocados de modo que a criança tenha fácil acesso a  eles, seu próprio joguinho americano com talheres, copos, xícaras que ela poderá inclusive ajudar a colocar na pia e até mesmo guardar após as refeições e por ai vai. Usei muito desses recursos com minha filha qdo criança e consegui criar nela prazer e responsabilidade com suas coisas  na hora de estudar ou fazer as refeições sem aquele estresse que se vê hoje em dia  qdo as crianças só conseguem fazer uma refeição se estiverem assistindo desenhos animados em computadores, por exemplo. Taí um assunto para os pais pensarem....










quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Babuchy Decor: Segurança, conforto e praticidade

Babuchy Decor: Segurança, conforto e praticidade: Quando pensarmos em um ambiente para crianças - do bebê ao junior - três conceitos devem estar muito bem definidos: segurança, conforto e praticidade para dar aos pais e seus filhos a tranquilidade que eles precisam.

Babuchy Decor: Cama suspensa sim, mas com segurança

Babuchy Decor: Cama suspensa sim, mas com segurança: Um quarto projetado para crianças deve ser bonito,  seguro e prático, principalmente seguro na minha opinião. A foto acima foi public...