quarta-feira, 24 de julho de 2013

Dicas Para Montar o Quarto do Bebê



O quarto do bebê será o primeiro campo de experiências e explorações de seu bebê por isso deve ser um espaço leve, arejado, cheio de luz , aconchegante eseguro. Os móveis e acessórios devem estar dispostos de modo a proporcionar boa circulação. Este item é fundamental para a praticidade de qualquer ambiente, mais ainda no quarto do bebê. Para visualizar melhor como ficará a disposição dos móveis no quarto, experimente recortar o formato do móvel em tamanho real, no papel ou jornal, e dispor na posição que você deseja para ver se terá espaço suficiente ou se o tamanho dos móveis escolhidos é o ideal para o espaço que você dispõe.
Os cantos do móveis devem ser arredondados com revestimentos macios que previnam acidentes, garantindo liberdade de movimento tanto para a mamãe quanto para o bebê. Quanto aos objetos dispostos em cima dos móveis: cestos de higiene, luminárias sobre a cômoda ou mesinha lateral, por exemplo, voce deve se lembrar que os bebês crescem depressa e logo terão acesso a esses objetos. Se o móvel não for espaçoso o suficiente para acomodá-los sem risco para o bebê e incomodo para a mamãe, prefira colocá-los em prateleiras sobre o trocador ou mesmo sobre o berço. Nas imagens comerciais pode parecer lindinha a cômoda toda enfeitada, mas no dia-a-dia, mamãe alguma precisa correr o risco de ter o talco ou produtos de higiene indo parar nos olhos ou boca do bebê por este tê-los alcançado enquanto se fazia a troca de fraldas ou roupinhas, ou mesmo ver uma luminária caindo em cima do bebê.


Cores interessantes na montagem do quarto


Verde, verde azulado, azul em várias nuances, rosa, lilás, detalhes em vermelho ou laranja, amarelos, branco, bege em combinações com azul ou rosa, xadrezes, listrados, poás, estampas miudas, tons multicoloridos. A variação é grande. Pode-se optar por tons claros e pastéis até por cores mais estimulantes. O ideal é que haja bom senso e equilíbrio para não se deixar o ambiente calmo em demasia ou exageradamente estimulante. Imagine o bebê acordar olhando para um teto pintado de verde alface ou ter que olhar constantemente para uma parede vermelha ou com figuras imensas em tons muito fortes. É irritante e assustador para o pequeno. Lembre-se que o bebê passa boa parte de seu tempo olhando para cima. Seria desgastante demais para sua saúde emocional e visual. Cor estimula o cérebro.


Móveis - O berço deve ser resistente com o modelo seguindo o estilo de decoração mais apreciado pelos pais: desde o mais clássico com formas torneadas ao moderno com linhas retas e bem coloridos. Seja qual for a opção lembre-se: a segurança e o conforto do bebê devem ser o foco. O tamanho dos móveis deve ser proporcional ao espaço do quarto. Se for necessário, elimine algum item - o guarda roupa, por exemplo, que poderá ser substituido por uma cômoda maior, com portas e gavetas que acomodem bem as roupinhas e um berço com gavetões para acomodar o enxoval de berço e toalhas de banho que fazem maior volume, no caso de quartos com tamanho reduzido. Uma poltrona ou cadeira de balanço é bem vinda na hora de amamentar, ficando ainda mais confortável com uma bela almofada anatômica.


Um quarto agradável não precisa ter muitos enfeites, mas sim objetos que estimulem a curiosidade do bebê, criando os elementos necessários ao seu bem estar e praticidade para a mamãe na hora dos cuidados específicos: banho, higiene, amamentação e soninho. O piso deve ser de fácil manutenção, principalmente se houver histórico de alergias na família. Cortinas e bandôs são muito bem vindos . Persianas também, mas saiba que estas são bem mais trabalhosas de se limpar. Um cantinho de brincar deve ser pensado para quando o bebê for maiorzinho, com espaço livre, almofadas coloridas e bau ou cesto com brinquedos para que ele espalhe e brinque à vontade. Um aparelho de som para ouvir músicas suaves também é bem vindo. Cuidado com os relógios. Se optar por tê-los no quarto, escolha modelos que não sejam muito barulhentos ou escolha os digitais. Ficar ouvindo o tic-tac alto de um relógio por horas não é nada agradável.

O enxoval de berço:os lençóis devem ser de tecido macio, 100% algodão, de boa qualidade para evitar asperezas e bolinhas incomodando a delicada pele do bebê e garantindo a durabilidade por conta do grande número de lavagens. Os acabamentos devem ser de acordo com a decoração do quarto: babadinhos, lacinhos e bordados para os mais clássicos e bichinhos e desenhos geométricos para os mais coloridos e modernos. Os protetores de berço devem ter capas com zíper para facilitar na hora da lavagem. Uma boa dica é ter capas extras(aproveitando o mesmo enchimento) para os protetores. Um porta fraldas ou porta objetos, preso junto ao berço ou trocador facilita em muito a vida da mamãe. Criatividade e bom gosto.Aproveite as dicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fiquem a vontade para interagir conosco. Sua opinião é muito importante para nós.