domingo, 6 de maio de 2018

Tapetes Para Quartos de Bebê - Qual escolher?



No quarto do bebê, o tapete deve ser evitado, especialmente no primeiro ano de vida. 
“Não se recomenda porque facilita o acúmulo de poeira, ácaros e fungos”, segundo a SBP - Sociedade Brasileira de Pediatria. 
Em locais muito frios, uma alternativa são os pisos vinílicos (PVC) e os laminados, que são fáceis de limpar e mantêm a temperatura do ambiente.
Mas, se você não quiser abrir mão, escolha versões pequenas e anti-derrapantes. E, principalmente fáceis de lavar. Há também modelos emborrachados, específicos para brincar, de simples manutenção.


 Podem ser uma excelente opção para quartos estilo montessoriano (aquele em que a criança tem tudo à mão, como livros e brinquedos, e o colchão fica diretamente no chão). 


Ao escolher tapetes para o quarto do bebê, lembre-se que devem ser decorativos, funcionais,  confortáveis, seguros e não tóxicos.  
Os bebês e as crianças mais pequenas passam grande parte do seu tempo no chão,  brincando ou mesmo  dormindo, aprendendo a engatinhar e depois a ficar de pé. 
Por essa razão, é fundamental que os tapetes escolhidos sejam feitos de materiais suaves, macios e muito confortáveis em contacto com a sua pele delicada.

Sugestões de modelos 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fiquem a vontade para interagir conosco. Sua opinião é muito importante para nós.